quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Terroristas Psíquicos! Cuidado eles



“Nós geralmente descobrimos o que fazer percebendo aquilo que não devemos fazer. E provavelmente aquele que nunca cometeu um erro nunca fez uma descoberta”. (Samuel Smiles)

Somos aprendizes. Quem nunca errou? “Quem estiver sem pecados...” (Jesus).
Muitos tiranos emocionais aproveitam-se da nossa condição de aprendiz para nos atemorizarem emocionalmente, tornando-nos reféns do passado e deles mesmos. Como verdadeiros terroristas psíquicos, diante das conquistas que alcançamos procuram sempre nos lembrar que já erramos um dia. Procuram manter-se em posição de domínio sobre os outros.
Colocam-se como arautos da verdade julgando-se inatingíveis, hipócritas.
Isso acontece em sociedade, na família e mesmo nos relacionamentos “amorosos”.
Existem pessoas extremamente carentes, que se escondem atrás dessa postura belicista para manter a atenção dos outros. Quando elas não conseguem ser o centro da atenção em um relacionamento, seja ele qual for, procuram lembrar-nos sobre equívocos cometidos um dia, buscando assim controlar a situação exaltando a si mesmas.
São frágeis emocionalmente e acreditam manter laços afetivos as custas da manipulação de sentimentos.
Devemos tomar cuidado com aqueles que se relacionam conosco e nos impedem de virar as páginas emboloradas do passado. Se cairmos é importante que não nos mantenhamos identificados com o chão, pois só cai quem está andando. É na queda que encontramos os verdadeiros amigos, eles nos ajudam a erguermo-nos e seguir caminhando.
Afaste-se dos que pregam a renovação e não renovam as próprias idéias. Tomemos cuidados com os terroristas psíquicos, eles são ardilosos, sutis. Terrorista psíquico é todo aquele que deseja que os outros pensem como ele.
Cuidado para não se tornar refém dos terroristas, suas principais armas são:
*      A exaltação de erros passados para exercer o domínio no presente.
*      O ciúme em qualquer tipo de relação
*      A posição de eterna vitima.
*      A falta de escrúpulos para denegrir a imagem dos outros.
*      A tentativa de nos impedir o raciocínio.
*      A inveja.
*      A religião, etc..., etc...
*      Viver é um constante aprendizado.

Precisamos compreender que, “a cada um será dado conforme suas próprias obras”, somos os únicos responsáveis pelo nosso destino.


Pense com Edu! “O Estude é uma verdadeira carta de alforria”.

Nenhum comentário: