sexta-feira, 4 de julho de 2008

OPINIÃO: O QUE LEVA UM NAMORO A SE DESGASTAR?

O QUE LEVA UM NAMORO A SE DESGASTAR?

Quando entramos num namoro uma das primeiras coisas que somos levados a pensar é quanto tempo esse namoro irá durar. Afinal de contas é com o passar do tempo que vamos poder conhecer verdadeiramente a pessoa que se está namorando. Muitas vezes nos desiludimos ao descobrirmos, depois de algumas semanas ou meses de namoro, que a pessoa com quem estamos é completamente diferente da que imaginávamos.

Uma das principais causas disso é que começamos um relacionamento esperando que uma pessoa seja isso ou aquilo. Quando vemos alguém pela primeira vez já formamos uma imagem dela. Quando a imagem é boa nos deixamos de certa forma encantar por ela. Isso é muito bom, mas não devemos cair no erro de nos acomodarmos fazendo com que aquela primeira imagem permaneça imutável. É necessário que quando iniciemos um relacionamento no preocupemos em conhecer a fundo a outra pessoa. Não adianta querermos nos iludir. O amor não admite ilusões.

Há questões que são importantíssimas quando estamos desejando entrar num relacionamento:

O interesse principal vai me levar a algo verdadeiro e bom?
Estou tentando fugir de alguma coisa?
Estou tentando fugir de um relacionamento passado, ou seja estou querendo esquecer alguém?
É de fundamental importância o que essa pessoa tem ou é?

Se sua resposta para uma dessas perguntas for SIM, deixe essa pessoa pra lá, porque além de você sofrer poderá levá-la a sofrer também. Ela estará bem melhor sem você.

Os motivos colocados anteriormente mostram claramente que teremos um namoro que logo irá se desgastar, pois o principal de tudo que é o amor (que é paciente Cor 13, 4) foi colocado em segundo plano. Por isso é importante que você procure responder a si mesmo quais os motivos que despertaram em você uma atração por alguém. A pior fuga que há é a fuga de si mesmo. Se você procura a felicidade não se entregue a algo que poderá machucá-lo ou machucar alguém.


MAS E QUANDO UM NAMORO COMEÇA BEM, TEM TUDO PRA DAR CERTO E NÃO DÁ?

Uma pesquisa mostrou quais as principais causas do crescimento ou não do amor. Quando perguntados sobre o que mais contribuía para ajudá-los a manter um relacionamento sempre firme e duradouro um grupo de pessoas respondeu que as qualidades mais essenciais são (nesta ordem):

Comunicação.
Afeição.
Capacidade de perdoar.
Honestidade.
Aceitação.
Dependência.
Senso de humor, romance.
Paciência e liberdade.

Vale ressaltar que comunicação, afeto, perdão e honestidade foram qualidades citadas por mais de 85% dos entrevistados.

Um diálogo sempre franco e aberto é visto como um desejo de abertura, de partilha e de querer conhecer mais e mais a companheira.

Também foi solicitado a este mesmo grupo que identificasse as qualidades ou características mais destrutivas em um relacionamento, fazendo com que um namoro cheio de paixão e amor acabe esfriando. Os resultados foram os seguintes (nesta ordem):

Falta de comunicação.
Egoísmo, desonestidade.
Ciúme.
Desconfiança.
Perfeccionismo.
Não estar aberto a mudanças.
Incompreensão.
Falta de respeito e apatia.

Novamente a comunicação é apontada como fator importantíssimo para que duas pessoas possam crescer no amor. A comunicação fundamental para o amadurecimento de ambos.

O que foi mostrado nesta pesquisa retrata a nossa realidade. Vemos constantemente relacionamentos desmoronarem-se pela simples falta de abertura ao diálogo. A principal atitude, logo que surge um problema, é "fechar a cara" e não querer conversa de maneira nenhuma. O orgulho toma de conta das pessoas e, mesmo sofrendo, não querem conversa. É comum ouvirmos frases do tipo: "você sabe do que estou falando", "não preciso dizer o que você sabe que aconteceu", "não estou chateado, apenas não quero conversa". Ou seja, as pessoas fogem das conversas que podem contornar uma situação constrangedora. Quando não partilhamos nossos sentimentos, nossas dúvidas, nossos desejos, ou seja quando nos fechamos em nós mesmos, estejamos certos de que o amor que há em nós e na outra pessoa tenderá a acabar.

É bom que fique claro que isso não se resume a casais que brigam constantemente. Os casais que vivem numa harmonia também estão sujeitos a deixarem o amor escapar aos poucos pela falta de comunicação. Acham que tudo está tão bem que não é necessário conversar sobre si mesmos e sobre seus anseios.

Todo relacionamento exige uma dinâmica constante entre as duas pessoas. É importantíssimo a fuga da rotina e do fechamento em si mesmo que faz do namoro uma relação egoísta onde cada um visa apenas o prazer e a felicidade própria.

A felicidade no amor é possível a partir do momento em que fazemos a nossa parte e incentivamos a outra pessoa a também fazer a sua. Assim você irá perceber em pouco tempo o quanto é bom amar e ser amado. E que um simples abraço ou beijo terá um prazer muito mais forte, não o prazer do toque do corpo, mas o prazer de dois corações que se abraçam e se beijam espiritualmente, vivendo a alegria de saber que é possível amar

Nenhum comentário: