sexta-feira, 2 de setembro de 2011

MEU ÚLTIMO DIA...

MEU ÚLTIMO DIA...

Há pessoas que não gostam de fazer aniversário, preferem que a data passe despercebida.
São várias as razões pessoais, porém eu simplesmente espero o ano todo para que chegue o meu dia.
Na verdade, eu comecei a comemorar depois da partida do meu avô, foi uma forma que eu encontrei de manter-me vivo, pois sabia que a felicidade dos seus filhos sempre foi o maior desejo daquele que me Educou.
Meu avô achava graça daquele toquinho de gente de 5 anos falando sobre o que queria ser no futuro.
Sempre fomos unidos, e acredito piamente que não apenas nessa existência. Tenho certeza que nossas viagens para esse plano terrestre foi desde sempre...
Se eu fui concebido pelo ato do amor, se eu fui criado à base de todo carinho, princípios e dedicação, por eles (vovó e vovô),há mil razões então para eu comemorar.
Não estou envelhecendo, apenas estou caminhando para o cumprimento da minha missão.
Mantenho meu espírito vivo, juvenil, alegre com tanto ainda a descobrir.
Quero a vida e todas as marcas que ela me oferecer.
Quero a paz no meu espírito e a serenidade nas tempestades.
Quero chorar de alegria e de dor caso seja necessário.
Quero respirar, inspirar, transpirar todo o positivismo que for capaz.
Quero gritar e calar quando assim desejar.
Quero caminhar sempre adiante, devagar, mas tendo a certeza e firmeza na direção dos meus passos.
Quero realizar os meus sonhos, tardiamente quem sabe, mas sempre realizá-los.
Quero fechar meus olhos para a eternidade, completando o meu ciclo, contanto que eu tenha a certeza que vivi e fui feliz.
Hoje, no meu último dia com 31 anos, tenho muito que comemorar.
Um ciclo a mais estará iniciando.
Um ano a mais estarei vivendo.
Uma vida a mais me esperando.
Que eu possa ser o que fui no passado mas de uma maneira muito melhor...
Que venham meus 32 anos.
Não, realmente não estou envelhecendo, apenas caminho para minha plena realização. Rs.
Eduardinho.com

5 comentários:

Professora Lu disse...

Ando num desleixo tremendo. Minha vida não anda, corre freneticamente, e com isso me perco e sem que eu me perceba acabo deixando de lado as pessoas que aprendi a admirar e ter um carinho especial. Perdoe-me a ausência...
Um beijo grande,
Lu

Chamado XXI disse...

muito bom o texto, bem formulado, seguindo.. segue tbm ? chamadoxxi.blospot.com

PERSEVERÂNÇA disse...

Que texto mais que perfeito, gostei de seulado expontaneo, muito bom mesmo.
Abraço
Nicinha

FBI Music Department disse...

Olá "Educar Para a Humanidade", somos a banda FBI, e gostaria de saber se não gostaria de nos seguir, para nos ajudar com a divulgação de nosso blog.

Nós também estamos preocupados com a saúde e bem estar das pessoas e disponibilizamos notícias direcionadas a esse enfoque, bem como outras coisas relacionadas à arte, história, ciência, cultura, etc, além de informações próprias da banda.

Bom, nós já estamos seguindo seu blog de qualquer forma, é só uma forma de nos ajudar na divulgação, como lhe disse. Muito obrigado pela atenção. Flavio.

http://fbimusicdepartment.blogspot.com/

Telma Lemos disse...

Belo texto!!Gostei do seu blog,muito bom!!Vou focar de olho.
Será sempre bem vindo ao meu blog também http://pesdescalcos2.blogspot.com/
Tudo de bom