domingo, 28 de junho de 2015

PARE E OBSERVE SOPHIE... A DURAÇÃO DE UM ARCO - ÍRIS


Precisamos aprender a observar cada arco-íris até o fim, saboreando esses instantes de maravilhosa beleza, sem deixar que passem, assim, correndo, ou tão rápido, como dizemos popularmente.
A pressa não é apenas inimiga da perfeição mas também da alegria, do deleite e das emoções verdadeiras.
Eduardo Campos

Se um arco-íris dura mais do que quinze minutos, não o olhamos mais.
A constatação é do filósofo alemão Goethe e representa muito do que vai na alma humana, nestes dias.
Nós, da geração do imediato, do prático, do instantâneo, acabamos tendo dificuldade em nos demorarmos em qualquer experiência que seja, mesmo que prazerosa.
Por que será que muitos de nós acostumamos com a beleza e, então, deixamos de contemplá-la?
Por que será que muitos nos habituamos com as coisas boas que temos na vida e deixamos de valorizá-las?
*      Alguns não observamos mais as estrelas como se, depois de algum tempo, perdessem sua grandiosidade, seu mistério e deixassem de ser interessantes.
*      Alguns esquecemos de olhar o pôr-do-sol. Afinal, ele acontece todo dia e talvez não nos surpreenda mais...
*      Outros deixamos de admirar a esposa, o marido, os filhos, como se esses arco-íris, que temos ao nosso lado, perdessem suas cores ao longo da convivência.
*      Alguns ainda deixam de se deslumbrar com a própria existência, após alguns anos de luta, esquecendo que cada dia é um novo milagre, uma nova chance, um novo arco-celeste multicolor.
De tão focados no trabalho e nas questões práticas da vida cotidiana, que aprendemos a ser, acabamos nos tornando grandes distraídos.
Sim, distraídos no sentido de esquecidos, pouco atenciosos no que diz respeito às questões mais importantes da existência.
Por isso, em alguns momentos na vida precisamos parar tudo.
Parar até de pensar tantas coisas ao mesmo tempo.
As técnicas de meditação nos ensinam este valioso hábito:
*      Limpar a mente.
*      Pensar numa coisa de cada vez.
*      Pensar em algo por muito tempo, sem deixar que a mente fique pulando de galho em galho.
Precisamos aprender a observar cada arco-íris até o fim, saboreando esses instantes de maravilhosa beleza, sem deixar que passem, assim, correndo, ou tão rápido, como dizemos popularmente.
A pressa não é apenas inimiga da perfeição mas também da alegria, do deleite e das emoções verdadeiras.

Pare e observe com Edu!
Pare e observe algo simples mas fascinante, como a disposição dos galhos numa grande árvore. Imagine quantos seres têm sua moradia ali, escondidos, mas vivos e atuantes no ecossistema.
Pare e observe uma porção de água qualquer: um pequeno lago, uma poça ou até mesmo a água dentro de um copo.
Perceba o comportamento dela quando se gera alguma vibração. Note a forma das ondas.
Coloque a ponta de um dos dedos e sinta a temperatura, a forma com que ela o envolve.
Pare e observe a Sophie dormindo. Acompanhe a calma da respiração, a paz de sua expressão, a beleza dos traços...
Pare e observe a vida, os dias, as pessoas. Pare e observe o amor, onde quer que esteja.
Nossa alma se acalma, ganha forças e se aproxima do Criador, sem esforço, sem tensão.
Pare e observe...

Olá queridos leitores! Seja bem-vindo ao meu blog. O seu comentário é um incentivo a novos posts. Eles são a maior recompensa por cada pesquisa, cada palavra escrita. Então...Que tal deixar o seu recadinho? Vou ficar muito feliz em recebê-lo. Quem desejar ou quiser comentar enviar perguntas, depoimento ou sugestões de tema ao blog, basta enviar um e-mail para nosso endereço eletrônico:  edu.com28@yahoo.com.br
Aguardamos sua participação. Um abraço fraterno a todos do amigo Eduardo Campos


¹ Fundador e Autor: Eduardo Campos, Técnico em Gestão Pública: Pedagogo, Esp. em Docência do Ensino Superior – PROEJA  e Educação em Saúde. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia-GEPERUAZ/UFPA
² Fonte texto : Momento Espírita
³ Fonte imagem : http://www.mundodechico.com/fmedina/2015/03/Imagem-para-MDC-Chico-Sofia-e-o-arco-iris-02.jpg
Livro de Referência: Recomeçar. Adeilson Salles. Editora CEAC. 2014

Written by Eduardo Campos all rights reserved.

10 comentários:

Maria Silva disse...

Maravilhosa essa mensagem! Andar devagar, com equilíbrio, sem pressa, desacelerar, contemplar, amar.... tudo o que precisamos neste século! Parabéns ao autor edu Amei!

Miguel disse...

Bom dia, Eduardo. Excelentes dicas, acompanhada de uma linda imagem que, a serem interiorizadas e postas em prática... nos tornariam mais felizes.

Wanessa Nunnes disse...

Muito bem escolhido seu conteúdo, muito interessante e satisfatório, com certeza vc faz diferença. Beijokas em seu coração

Leonisse disse...

Em meio a essa vida tão corrida deixamos de contemplar as coisas simples e perfeitas da vida. Parabéns pelos textos postados continuam muito bons.

Anônimo disse...

Palavras sabias Edu. Dar valor a vida e dar amor a si mesmo. Bjs meu lindo amigo.

Anônimo disse...

Bom dia Edu! Belas dicas, quando buscamos a felicidade com coisas simples, encontramos com mais facilidade a tão sonhada felicidade.

Anônimo disse...

Boas dicas Edu! No fundo a gente já sabe de todas elas, mas praticar que é bom....

Helena disse...

Dicas ótimas, Edu. Pra todo mundo anotar num caderninho. Pena que a teoria é sempre mais fácil que a prática. Adorei seu post e pra variar fez uma ótima escolha pra começar bem o dia de domingo.Beijão!

Luciana disse...

Já dizia Gandhi: "Seja a mudança que deseja ver no mundo". Tudo começa a partir de nossas escolhas e de nossa vontade de mudar e melhorar o mundo! Se cada um fizer sua parte, nosso mundo será um lugar maravilhoso para viver; basta reencontrarmos a harmonia e respeitar o próximo - seja ele de que espécie for - fazendo o possível para deixarmos uma marca positiva neste planeta. Abraços e boa semana!

Ale Martins disse...

Gostei do texto... Concordo com você sobre a necessidade de contemplação que nos falta...