domingo, 7 de dezembro de 2008

Agradecendo os comentários do blog





Agradecendo os comentários do blog



Todo este tempo em que estive longe, a minha vontade era de voltar correndo para cá, apesar disso o tempo e as coisas que acontecem na vida me impediram, porém estou voltando com força total.
Adorei mesmo todos os comentários que recebi neste tempo em que eu estava distante, pude ver como essa rede de blogs não é só mais uma rede fria e sim um lugar onde podemos encontrar amigos.
Nem preciso sentir a pele de vocês de todos ao vivo, nem ouvir sua respiração aqui do meu lado, para saber que construí amizade com pessoas que não irei esquecer nunca jamais. como sempre digo isso constroi...
To bolando uma nova estratégia de escritos e novos assuntos, além disso agora em dezembro fará seis meses que "fundei" o blog, e não achei justo eu deixar ele afundar, so porque passei dois ou meses sem escrever.
Muitas coisas aconteceram na minha vida nesse tempo, estou cursando duas pós-graduações, e agora além das duas faculdade sigo com um projeto no sistema penal, além de muitas coisas como provas, artigos e tudo mais, mas isso nunca foi empecilho pra mim. Agora estou aqui novamente, reerguendo o blog , quero escrever sempre melhor para vocês amigos, que nunca me esqueceram.
Obrigado a todos que já passaram por aqui, estou realmente feliz em ver vocês.
Do amigo Eduardo.

2 comentários:

maninha disse...

CLASSIFICAÇÃO DAS POLÍTICAS:
O CONTEÚDO ABAIXO SERÁ A MINHA FALA DE APRESENTAÇÃO.
POLÍTICA PÚBLICA EMANCIPÁTORIA: BUSCA DESENVOLVER UM CONJUNTO DE AÇÕES VOLTADAS A TRABALHAR DE FORMACOMBINADA A CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL, ACESSO AO MIRO CRÉDITO, AMPLIAÇÃO DOS ANOS DE ESTUDOS, E PRINCIPALMENTE, O FOMENTO A FORMAÇÃO DE REDES SOLIDÁRIAS DE PRODUÇÃO CULTURAL E DE EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS, QUE GEREM TRABALHO E RENDA DE FORMA COLETIVA, FOMENTANDO O EMPREENDEDORISMO E A BUSCA CRIATIVA E EMANCIPADA DAS SITUAÇÕES DE VUNERABILIDADE SOCIAIS.

POLÍTICA PÚBLICA COMPENSÁTORIA: ESTÁ ASSOCIADA AS POLÍTICAS SOCIAIS E A IDEIA DE COMPENSÁTORIO ESTÁ EM RECOMPOR A NOÇÃO DE EQUILIBRIO E DE DIREITO. ANALISANDO PELO GRAU DE DESIGUALDADE QUE A NOSSA SOCIEDADE VIVE NÃO RAZOÁVEL NEM EM RENDA, NEM EM SALÁRIO OU EM EDUCAÇÃO. O PROBLEMA DA QUESTÃO DA DESIGUALDADE É QUE NÃO HÁ COMPENSAÇÃO E A POLÍTICA COMPENSÁTORIA É A FUNÇÃO PRECÍPUA DO ESTADO. COMPENSAR SEMPRE COM AÇÕES EMERGÊNCIAIS, QUE VISAM MINIMIZAR DESIGUALDADES

POLÍTICA PÚBLICA FOCALIZADA: BUSCAM ATENDER PÚBLICOS OU SIUAÇÕES ESPECÍFICAS. FOCALIZA A GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL.

POLÍTICA PÚBLICA REDISTRIBUTIVA: É REDISTRIBUIR A RENDA NA FORMA DE RECURSO OU DE FINANCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS PÚBLICOS GARANTIDAS POR PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS.


PARA A APRESENTAÇÃO EM SLIDE:
POLÍTICA EMANCIPÁTORIA:
CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL-ACESSO AO MICRO CRÉDITO-AMPLIAÇÃO DOS ANOS DE ESTUDOS.

POLÍTICA COMPENSÁTORIA:
A IDEÍA DE COMPENSÁTORIO ESTAR EM RECOMPOR A NOÇÃO DE EQUILIBRIO E DE DIREITO.

POLÍTICA FOCALIZADA:
GERAÇÃO DE EMPREGO, RENDA E QUALIFICAÇÃO.

POLÍTICA REDISTRIBUTIVA:
REDISTRIBUIR A RENDA NA FORMA DE RECURSO, DE FINANCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS PÚBLICOS GARANTIDOS POR PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS.

maninha disse...

Programa Brasil Alfabetizado
Tem por objetivo promover a alfabetização dos brasileiros com mais de 15 anos e que não tiveram a oportunidade de estudar. Lançado em 2003, o programa transformou campanhas temporárias de alfabetização, de alcance limitado, em uma política pública permanente de acesso à educação. A alfabetização foi integrada à educação de jovens e adultos com o propósito de garantir a continuidade dos estudos aos egressos do programa.
Duração: As aulas têm duração de oito meses e podem ser aplicadas diversas metodologias de ensino, definidas conforme as características da entidade de ensino e das particularidades do público atendido. Com o programa, a alfabetização de jovens e adultos passou a constituir-se em um dos eixos estratégicos da política educacional do país, integrando-se a outras políticas públicas voltadas para a inclusão dos grupos historicamente excluídos.
No âmbito do programa Brasil Alfabetizado, uma parceria entre o Ministério da Educação e a Secretaria Nacional de Juventude da secretaria Geral da Presidência da República possibilitou a implementação de ações direcionadas exclusivamente ao público jovem.
O MEC propondo parcerias, e propondo também pagar R$ 15,00 por aluno alfabetizado, dinheiro destinado, especificamente para o alfabetizador. O que significa que, se um alfabetizador orienta 20 alunos, ele vai ganhar por mês R$ 300,00. O ministério oferece também R$ 20,00, para a formação desse alfabetizador. Na sala de aula aconselha-se ter no mínimo 15 e no máximo 25 alunos.
Os alfabetizadores não precisam, necessariamente, serem professores, mas devem ser pessoas com experiência na área de alfabetização de Jovens e Adultos. Caso o alfabetizador tenha apenas o segundo grau, ele terá que passar por um sistema de capacitação que varia segundo as metodologias aplicadas.
Além disso, o programa dará suporte para articular a aquisição de óculos de grau; livros PA os novos alfabetizados; bibliotecas domiciliares, entre outras ações.
Metodologia: o MEC não vai adotar nenhum método específico de alfabetização.
Ao trabalhar em parceria, o ministério vai aceitar as metodologias propostas pelos parceiros. Após a execução do primeiro convênio será feita uma avaliação pelo ministério. Se esta for positiva, o contrato será mantido; se não, p/ continuar o convênio, serão sugeridas modificações.
Além de assinarem convênios com o MEC, os governos estaduais e municipais deverão dar a contrapartida, como transporte dos alunos, merenda durante as aulas, além de fiscalizar a aplicação dos recursos.