quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Enem 2015 - Não deixe a ansiedade e nervosismo atrapalhar seus Sonhos

Enem 2015 - Não deixe a ansiedade e nervosismo atrapalhar seus Sonhos

“Só de imaginar que eu (e o Brasil inteiro, por sinal) vamos ter de encarar quatro horas de prova por dois dias seguidos, dá vontade de arrancar os cabelos! Aí você pensa: "Ferrou, será que estou preparada? Eu acho que não vou passar? Será que tiro uma boa nota? não sei nada! estou nervosa! vou morrer!".

O período que antecede o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) geralmente é marcado por tensão, medo, ansiedade, cansaço e até dificuldade de dormir.  É justo ressaltar também que, quando o vestibulando está tentando concentrar-se, às vezes retirando-se um pouco da convivência familiar para encontrar o equilíbrio necessário, a fim de sentir-se tranquilo e realizar uma boa prova, que sempre aparece alguém com uma dica infalível! “O chazinho da tia”, “as promessas da avó”, “as mandingas que funcionaram com o irmão mais e velho” e, finalmente, os “poderosos conselhos de sabedoria dos pais”.
Tudo isso pode funcionar, pois a intenção é das melhores: oferecer apoio, carinho e estímulo para quem está tão sobrecarregado, cansado, inseguro e às vezes, até desestimulado, à procura de uma solução milagrosa que o livre desta tensão e o coloque direto na universidade dos seus sonhos.
Toda essa ajuda é compreensível, mas é preciso entender que a ansiedade e o nervosismo nos dias que antecedem a prova podem prejudicar o seu desempenho...

Confira algumas dicas básicas que podem contribuir para um bom equilíbrio emocional, e claro um bom desempenho no exame.

1 - Na véspera da prova é recomendável já deixar separados uma caneta esferográfica preta, um documento de identificação original com foto e o cartão de confirmação da inscrição.

2 - Para minimizar o nervosismo, nos últimos meses ou semanas que antecedem as provas do Enem de nada adianta ficar debruçado sobre os livros sem descanso ou lazer. Isso estressa o cérebro e cansar o corpo pode prejudicar você nos dias das provas, causando o conhecido “deu branco” ou falta de clareza na leitura e interpretação do que é pedido nas questões.

3 - Você deve fazer o contrario, diminua o ritmo dos estudos na véspera. Deixar para estudar todo o conteúdo na última hora é uma atitude desesperada e que, geralmente, não compensa: o estudante tende a ficar ainda mais tenso, garante a pedagogo Eduardo Campos: lembre-se: O que poderia ter sido feito já foi. Manter a rotina de estudos durante a semana que antecipa a prova é uma recomendação, assim como nos dois dias anteriores, diminuir o ritmo e oscilar algo que distraia com a revisão dos conteúdos é o ideal.

4 - Outra dica no caso o aluno não tenha estudado o suficiente até a data da prova, pode selecionar uma ou duas matérias em que tem mais dificuldade para aprender um pouco mais.
5 - Nos dias anteriores ao exame, também ajuda verificar as normas de escrita para a redação. A organização das ideias e a compreensão de princípios da língua portuguesa podem ajudar na hora da escrita.

6 - Sair, ir ao cinema, passear é uma ótima ideia caso o aluno esteja muito ansioso. É recomendável que os pais convidem os jovens para programas ao ar livre e refeições fora de casa, para que os estudantes abstraiam um pouco e esqueçam a fixação em obter um bom resultado no Enem.

7 - Nos dias anteriores, deixar de falar repetidamente sobre a avaliação evita que os jovens fiquem aflitos e façam do Enem um assunto tabu ou "monstro" a ser combatido.

8 - Evitar brigas desgastantes com familiares, amigos e namorados afasta o mau humor e possíveis dores de cabeça que poderiam prejudicar o candidato na hora da prova.

9 - Evite discussões, pois possivelmente estará se sentindo mais sensível do que de costume. Peça compreensão dos que te rodeiam e, principalmente, seja mais tolerante, proteja-se de imprevistos e controle suas emoções.

10 - Manter a rotina é fundamental. Muitos pais tiram momentos de descontração e relaxamento, como esportes, artes e línguas estrangeiras dos adolescentes, o que não é saudável, pois quebra a rotina e gera tensão e insegurança.

11 - Então, às vésperas do Enem, não é hora de mudar nada! É hora de manter a rotina. Não tome remédios não prescritos por médicos, não coma e nem beba nada de diferente do que está habituado. Procure seguir tudo de acordo como sempre fez durante o ano.

12 - Quem gosta de balada é uma péssima opção. Voltar tarde para casa provocará desgaste físico, o que fará com que o aluno fique menos concentrado no dia da prova, por estar mais cansado.

13 - Deitar cedo, por volta das 22h ou 23h, e ler um bom livro, escutar suas musicas favoritas são recomendações para deixar o corpo descansado.

14 - Uma boa noite de sono pode fazer diferença, e quem sabe até mesmo um tempinho a mais na cama. O candidato não precisa acordar cedo nesse dia. Umas horinhas a mais de sono vão fazer com que ele relaxe.

15 - A alimentação tem um papel fundamental no aprendizado. Na véspera do Enem, a dica é que os alunos se alimentem de forma leve para que o sistema nervoso trabalhe bem.

16 - Alterações na rotina alimentar podem causar mal-estar, dor de cabeça ou intoxicações, por isso, o ideal é ingerir apenas aquilo que organismo está acostumado.

17 - Quanto mais saudável for a nutrição, melhor a digestão e maior a concentração do aluno. Estar hidratado ajuda a manter o equilíbrio do organismo, o que faz com que o aluno continue sadio, desperto e impede que sua pressão baixe.

18 - Nesse período evite bebidas energéticas, como refrigerantes, café, chocolate, pois elas influenciam no Sistema Nervoso e podem aumentar a ansiedade.

Entretanto, o que mais importa é manter a calma no dia da prova.
Antes: Exercícios respiratórios
Esse recurso tira a pressão cardiorrespiratória e oxigena o cérebro, melhorando o acesso ao conhecimento que está lá. A respiração dá potencial de oxigenação. Um bom exercício é a respiração de suspiro, que aumenta a concentração e expulsa a ansiedade. Nesse exercício é necessário que o candidato (você) inspire lenta e profundamente pelo nariz e expire pela boca, como se estivesse suspirando. Faça o som do suspiro de maneira contínua, intercalando uma respiração na outra.
Antes e durante: Exercício da Oração
Outro artifício recomendado, que também aumenta a concentração e ainda diminui a angustia. E a pratica da prece ou oração como preferir. A prece é uma invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com Deus e seus emissários, pode ter por objeto um pedido de ajuda ou um auxilio, um agradecimento, ou uma glorificação. A prece tem como benefícios o papel de induzir equilíbrio dando-nos fortaleza de ânimo, nos ilumina, alegra, tranquiliza/acalma, consolando-nos, equilibrando-nos e nos harmonizando interiormente.

Finalizando para recomeçar

Minha última dica é que Cada um tem o seu próprio tempo para crescer, aprender e seguir adiante. Dedicação e persistência são as melhores ferramentas para se conquistar um sonho. E quando chegar a Hora H, sinta-se preparado, pois independente da aprovação, este é um processo de  amadurecimento.     

É isso, gente! Boa prova a todos!

 Texto em homenagem!          
¹ Eduardo Campos, Técnico em Gestão Pública: Pedagogo, Esp. em Docência do Ensino Superior – PROEJA  e Educação em Saúde. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia-GEPERUAZ/UFPA
Contato: edu.com28@yahoo.com.br
² Fonte texto : http://enem.inep.gov.br/
³ Fonte imagem : www.zaba.com.br/imagebank/179.jpg
Written by Eduardo Campos all rights reserved.




Nenhum comentário: