sexta-feira, 29 de maio de 2015

EM QUE COR VOCÊ ESTA? VERMELHO! AMARELO! VERDE!


“As dificuldades que a vida nos apresenta têm sempre um caráter educativo. Mesmo que as vejamos agora como castigo ou punição, mais tarde tomaremos consciência de que eram unicamente produtos de nosso limitado estado de compreensão e discernimento evolutivo”.
HAMED

Pense com o Edu! - Meu amigo, quantas vezes o sinaleiro Divino pára o carro de nossas decisões para que não soframos graves acidentes?!

Meu amigo deslizava com muita pressa em seu carro pelas ruas da cidade, na tentativa de fazer voltar o tempo. Ao seu lado, algo temeroso pelo excesso de velocidade, não tinha moral de fazer comentário nenhum devido ao fato de já ter feito o mesmo em varias ocasiões. Restava-me aguardar e torce para que nada acontecesse nem conosco e muito menos com o pedestre que culpa nenhuma possuía no caso em questão.
Na maioria dos cruzamentos  a que tentava chegar no sinal verde, faltava tempo, e a cor vermelha obrigava-o a parar provocando muita irritação e impropérios. E assim foi a caminhada toda até que, no ultimo sinal a ser ultrapassado, a velocidade não foi suficiente em relação ao farol verde, obrigando-o a parar, sob muito protesto e (que ele nunca leia!) alguns palavrões. Segundos depois da parada, ouvimos um forte ruído de frenagem e um som de impacto provocado pelo carro que colidiria com outro, que, na fração de tempo antes do meu amigo, ultrapassara o sinaleiro que obrigou meu companheiro a  parar.
Dessa vez, ele, passando a mão pela cabeça, comentou:
- Ufa! Se o sinal não tivesse fechado, no mínimo estaria envolvido na batida também! O sinaleiro, no entender dele, daquela vez tinha sido útil.
Meu amigo, quantas vez o sinaleiro Divino para o carro de nossas decisões para que não soframos graves acidentes?!
O triste nesse fato é que também reclamos muito nessas ocasiões, afirmando como crianças birrentas que Deus se esqueceu de nós, que Deus está nos castigando, cometendo o equivoco ao não entender que cabe ao Criador educar e não castigar a ninguém. Aquele que castiga pressupõe uma parcela de sadismo, enquanto no educador só existe a boa intenção.

Para refletir
Esse sinaleiro Divino muitas vezes nos abre o sinal vermelho na forma de uma enfermidade física que vai nos impedir, de posse da saúde, envolvendo-nos em atitudes extravagantes que trarão o comprometimento moral. É a opção pelo cigarro, pelas bebidas alcoólicas, os exageros na alimentação, as noitadas na balada, o adultério e tudo mais que a saúde estável nos abre a oportunidades, o sinal vermelho da enfermidade impede-nos de lançarmo-nos em comprometimentos maiores.
Outras vezes, o sinal vermelho da Providência Divina é aceso através de dificuldade financeira que exige a dedicação total do tempo no trabalho para ganhar o pão de cada dia, não nos facultando tempo para desocupar a mente onde ideias não construtivas para o ser moral poderão se instalar, conduzindo-nos a situações piores, como informa o dito popular: “Cabeça vazia é a oficina do diabo”
Em outras ocasiões, o sinal vermelho da Criação se acende através de um problema grave em um familiar próximo, ensejando-nos a oportunidade de desenvolvermos a compreensão e a solidariedade que devermos ao semelhante e esquecemos quando tudo vai bem, fechando-nos em atitudes de egoísmo.

Finalizando para recomeçar
Enfim, prezados amigos do blog, tenho a certeza de que todos possuímos vários momentos em que o sinaleiro de Deus dá o sinal vermelho para barrar a nossa caminhada em direção perigosa. Cada um poderia citar vários exemplos de si mesmos. O importante é sensibilizarmos e aprendermos a respeita as Leis da Vida, parando nos sinaleiros da Misericórdia Divina, que têm sempre, como maior objetivo, evitar as trombadas que possamos dar pela existência, das quais sairemos bastante feridos, exigindo internação no hospital do sofrimento.
Os daltônicos, ou seja, as pessoas que não distinguem cores além do branco e do cinza, podem dirigir orientando-se pela posição das luzes do sinaleiro, porque, sempre a vermelha é a de cima, e a verde, a de baixo, por convecção já acertada.
Se você alegar que é daltônico para o Sinaleiro Divino, também poderá caminhar pela existência sem nenhum perigo, entendendo que o egoísmo é a luz que acende em cima, recomendando-o a parar, enquanto a de baixo é o amor, permitindo-lhe a passagem.

Pense com o Edu! - Se você tiver (e você terá!). A disposição de respeitar o Sinaleiro de Deus poderá transitar com segurança e tranquilidade, que o seu dia será sempre UM DIA BOM!

Olá queridos leitores! Seja bem-vindo ao meu blog. O seu comentário é um incentivo a novos posts. Eles são a maior recompensa por cada pesquisa, cada palavra escrita. Então...Que tal deixar o seu recadinho? Vou ficar muito feliz em recebê-lo. Quem desejar ou quiser comentar enviar perguntas, depoimento ou sugestões de tema ao blog, basta enviar um e-mail para nosso endereço eletrônico:  edu.com28@yahoo.com.br
Aguardamos sua participação. Um abraço fraterno a todos do amigo Eduardo Campos


¹ Fundador e Autor: Eduardo Campos, Técnico em Gestão Pública: Pedagogo, Esp. em Docência do Ensino Superior – PROEJA  e Educação em Saúde. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia-GEPERUAZ/UFPA
² Fonte texto : Recomeçar. Adeilson Salles.
³ Fonte imagem : https://mygenomix.files.wordpress.com/2010/07/semaforo.jpg
Livro de Referência: Forni, Ricardo Orestes. Bom Dia Mesmo! Editora EME, Capivari – SP. 2005
Written by Eduardo Campos all rights reserved.


9 comentários:

Anônimo disse...

Um bom texto que convida à reflexão e a fazer um balanço da própria vida.
parabéns Eduardo!

Anônimo disse...

Você foi perfeito na escrita! É muito bom te ter de voltar aqui no blog Eduardo! Aqui encontro palavras de sabedoria em seus texto!

Anônimo disse...

Seu blog tem muito conteúdo bom e está nos meus favoritos. Parabéns!

Anônimo disse...

Uma postagem de Sabedoria, onde realça Valores Importantes numa Reflexão Obrigatória sobre o Nosso Lugar no Mundo e no Universo ! Adorei este Momento!

Darlene disse...

Dudu! Quem dera que cada pessoa fosse capaz de escrever com você escreve... seriamos um mundo de escritores... Poucos sabem fazê-lo com alma. Criar-lhe as cores e os sentimentos para outros possam refletir...lindo seu texto Amigo!

katia disse...

Talvez esse texto de hoje Edu não pretendesse ser um puxão de orelha, mas faz pensarmos a respeito de um jeito tão sensato que acaba sendo rs! Gostei muito!

Anônimo disse...

Um texto perfeito que vale a pena ler...Amei!!

Eliana Peixoto disse...

Final de dia, final de semana e final de mais um mês. .. Um texto perfeito para um balanço de vida. Edu Parabéns pela sensibilidade com que percebes a ação da Divina Providência em nossa vida. E parabéns mais ainda pela criatividade e sabedoria com que traduz em palavras o que
Sentes, acreditas e tenta viver. Seu texto foi um grande presente nesta tarde. Bjs

Luciana Rodrigues disse...

Olá Edu felicidade e bem estar é algo que o ser humano quer muito , e o que realmente é importante é sabedoria devemos busca-la incessantemente ela traz felicidade plena ,porquê independente do estivermos vivendo sempre saberemos agir de maneira a se adaptar a qualquer realidade que a vida apresentar