domingo, 14 de junho de 2015

O POMAR DA VIDA!


- Ah! Como seria bom se a Providencia Divina empregasse em cada ser humano uma espécie de preparado que nos permitisse passar pelo mundo sem nos contaminar pelas “pragas” da vida.

Pense com Edu! Seria muito bom passar pelo mundo sem errar!

A dona do pomar, zelosa com a sua plantação, pulverizava o veneno de que cada planta frutífera necessitava para que as pragas características não investissem contra qualquer uma delas.
Enquanto borrifava com a sua máquina pacienciosamente uma por uma das arvores, o pensamento começou a voar para comparações de quem está, com prazer, cumprindo uma determinada tarefa.
Intimamente argumentava:
- Ah! Como seria bom se a Providencia Divina empregasse em cada ser humano uma espécie de preparado que nos permitisse passar pelo mundo sem nos contaminar pelas “pragas” da vida.
Dessa maneira não sentiríamos inveja de ninguém, nem ciúme; não abrigaríamos a idéia do crime; não seríamos orgulhosos, vaidosos, egoístas...
Seria muito bom passar pelo mundo sem errar!
Nisso, uma mosca portadora da capacidade de penetrar uma das frutas de uma determinada árvore já pulverizada com veneno, pouso sobre uma delas e pôs-se a procurar com rapidez e desespero algum local que o veneno não tivesse atingido, acabando por encontrá-lo. Nessa parte não protegida pela ação da substancia química, ferrou os instrumentos de que a natureza a dotou e inoculou no fruto a causa de seu futuro apodrecimento.
Observando tudo isso, a dona do pomar pulverizou o local em descoberto, na mesma hora em que meditava:
- É! Tenho a impressão de que a parte de Deus para nos defender do mal Ele faz. A parte desguarnecida corre por nossa responsabilidade, quando então somos contaminados pelo mal dos caminhos da terra!

Para refletir
Meu amigo, não sei qual o seu pensamento em relação ao primeiro desejo do pomicultor, exatamente o de ser imunizado contra os males do mundo pelo criador.
Quero crer que você não apoia, porque, que mérito teríamos em não errar por nunca ter sofrido o teste da tentação?
Do que adiantaria estudarmos na escola da terra, se não tivéssemos a obrigação de cumprir a tarefa do dia-a-dia e enfrentar as provas que nos promovem de ano?
Que alegria teria o aluno aprovado no vestibular se não tivesse que despender o enorme esforço a que se vê obrigado?
Temos que considerar o fato de que o agente imunizador de cada pessoa existe, mas não será aplicado à força  pela Providencia Divina.
Jesus deixou todo um caminho por ele mesmo, onde teremos que pisar e onde não devemos adentrar.
A vivência dos ensinamentos do meigo Nazareno compõe as substancias que devem ser utilizadas de livre e espontânea vontade por quem assim desejar.

Finalizando para recomeçar
Determinados seres humanos que marcaram iluminosamente a sua passagem pelo mundo tiveram a coragem de auto-aplicar a “Química do amor” como um poderoso antidoto contar as “Pragas” do mundo, que, entretanto, não os isentou do sofrimento, mas conferiu-lhe as necessárias forças para saírem vencedores.
Francisco de Assis, Clara, Mahatma Gandhi, Chico Xavier, Irma Dulce...
Muitos outros exemplos sempre existiram na Terra como uma estrela do bem a apontar-nos, incansavelmente, o verdadeiro caminho.
Essas almas luminosas pairam acima da disputa religiosa, que, ao de ensinar a convir com o próximo baseado no amor, acirra mais os ânimos, transformando as religiões em motivos de disputas, de brigas, em nome de um Deus que é Amor!
O veneno que o zeloso dono do pomar aplicava nos pés de árvores frutíferas age na superfície do fruto, enquanto o remédio de que necessitamos precisa ser aplicado em nosso intimo!
A bomba aplicadora do veneno daquele senhor borrifava o fruto através da “bomba” da boa-vontade, condição indispensável de quem deseja realmente passar pelo “POMAR DA VIDA” sem sofre a ação das “pragas” sempre vigilantes para invadirem o nosso interior.

 Pense com o Edu! – Se em seu “pomar” intimo a medicação do Cristo já está sendo aplicada para proteger o fruto da sua existência você terá uma boa colheita! As árvores frutíferas, quando pulverizadas, respondem com a colheita abundante.

Olá queridos leitores! Seja bem-vindo ao meu blog. O seu comentário é um incentivo a novos posts. Eles são a maior recompensa por cada pesquisa, cada palavra escrita. Então...Que tal deixar o seu recadinho? Vou ficar muito feliz em recebê-lo. Quem desejar ou quiser comentar enviar perguntas, depoimento ou sugestões de tema ao blog, basta enviar um e-mail para nosso endereço eletrônico:  edu.com28@yahoo.com.br
Aguardamos sua participação. Um abraço fraterno a todos do amigo Eduardo Campos


¹ Fundador e Autor: Eduardo Campos, Técnico em Gestão Pública: Pedagogo, Esp. em Docência do Ensino Superior – PROEJA  e Educação em Saúde. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia-GEPERUAZ/UFPA
² Fonte texto : Ricardo Orestes.
³ Fonte imagem : http://thumbs.dreamstime.com/A1rvore-de-pulverizao-da-mulher-no-pomar-45796691.jpg
 Livro de Referência: Forni, Ricardo Orestes. Bom Dia Mesmo! Editora EME, Capivari – SP. 2005

Written by Eduardo Campos all rights reserved.

10 comentários:

Anônimo disse...

Seus textos estão mim fazendo bem pela manhã, não fico mas sozinha agora tenho companhia do teu blog! E claro do “ psicólogo virtual”, “Dr Eduardo”, “Jardineiro Edu” e agora do “pomicultor “ rs! Que o Senhor Nosso Deus continuei te iluminando e te abençoado para ajudar-nos contra as “pragas da vida”. Obrigado!

Anônimo disse...

Repetirei uma palavra usada por alguns comentaristas em relação a Essa postagem possui muita sabedoria e uma mensagem otimista, esperançosa. É isso do que precisamos.

Irmã Bruna disse...

OI Eduardo há algum tempo que não visitava o seu blog, hoje encontrei-o e demorei algum tempo a ver o que escreveu, fiquei maravilhado pois pode ver como está se preocupando com o próximo. Continue a proclamar o bom nome de Jesus e a edificar exortar e consolar os corações daqueles que precisam de Jesus. Sou feliz porque sei que nos iremos encontrar um dia, e receber o galardão dos nossos feitos... Parabéns!

Anônimo disse...

Bom Dia Eduardo! Quando me afasto um pouco da net, sinto logo uma saudade de todos... Mas de você principalmente, pois és tão amável, nos ajuda escrevendo esses textos tão criativos, que nos dar saudades.

Dora disse...

Eduardo, tenho muita admiração pelo senhor, pela sua sabedoria, acredito dada por Deus. Sou grata ao Senhor Jesus por te-lo colocado em minha vida através dos seus textos aqui no blog. Que Deus o abençoe mais e mais.

Anônimo disse...

Postou um ótimo texto. Lições que tornam a vida mais bela.

Lúcia disse...

Mensagem linda Edu, como sempre. Luz e amor só refletem mais luz e amor, diante do espelho da vida. Um abraço!

Anônimo disse...

Meu amigo é a mais pura verdade... Nossa seus textos são sempre edificantes.

Eliana Peixoto disse...

Oi Edu, um texto meditativo cheio de sabedoria para esta manhã de domingo. Seu texto lembra que temos o livre arbítrio, a Providência Divina nos cumula de todas as graças e bençãos para nos proteger das "pragas", mas é necessário que façamos a nossa parte e esta cabe somente a nós. Obrigada por esta reflexão. Bom domingo!

Jacqueline Costa disse...

Que saibamos cultivar nossos pomares... com frutos bons. Obrigada pela partilha com seus textos, que muito nos engrandece!