sábado, 13 de junho de 2015

8 ALERTAS DO SANTO ANTÔNIO “DIGITAL” PARA PROTEGER SEU CASAMENTO NA ERA “FACEBOOK” & “WHATSAPP”


Se amar é cuidar um do outro, essa máxima também vale para as redes sociais. Cuide de seu relacionamento na rede e fora dela, para que possa desfrutar de um relacionamento sólido, honesto e de confiança, características estas que não existem por si só, mas são cultivadas e desenvolvidas no dia a dia através das pequenas coisas.
Isabel Almeida

Uma pesquisa realizada no ano de 2014 trouxe uma estatística alarmante aos casais: Trinta por cento dos divórcios mencionaram a palavra Facebook, WhatsApp. Esses números vieram do Divorce-online, um serviço oferecido no Reino Unido. É óbvio que o Facebook não pode ser culpado por divórcio algum, mas está claro que essa rede social pode agir como um catalisador de problemas já existentes. Esses espaços virtuais já fazem parte de nosso cotidiano e existem redes sociais para tudo, inclusive para fins profissionais, que se mostram ser de grande importância. Diante disso o que fazer para proteger o seu casamento na era Facebook sem precisar excluir o seu perfil?
Fique atento a algumas dicas “do Santo Digital” que podem ajudá-lo a navegar seguramente pela rede sem que o seu relacionamento afunde.

1. Status de Relacionamento
Deixe claro o seu estado civil. Orgulhe-se de seu cônjuge e compartilhe fotos de aniversário de casamento e outras comemorações. Esconder que é casado nas mídias sociais é o equivalente a andar por aí sem aliança no dedo. Cuide-se apenas para não expor indevidamente sua vida pessoal e profissional.

2. Não substitua o seu canal de comunicação por posts
Use as mídias sociais a seu favor para trocar mensagens de carinho com o seu cônjuge, mas não deixe que isso substitua as suas conversas olho no olho, pois estas consistem em uma conexão real com o seu companheiro, muito importante para a união do casal.

3. Compartilhem senha
O fato de compartilharem a senha, mesmo cada um tendo o seu perfil individual, passa tranquilidade ao cônjuge, pois é sinal de que não há nada para ser escondido. Isso não significa ficar seguindo e bisbilhotando tudo o que se passa no perfil da pessoa amada. Controle-se! Essa também pode ser uma medida prática, pois se houver alguma publicação indevida ou vírus no perfil seu companheiro pode acessar e excluir antes que maiores danos aconteçam.

4. Evite lavar roupa suja na web
Esse tipo de intimidade não precisa ser compartilhada e pode gerar rumores ou suposições falsas de que o seu relacionamento possa estar em crise, o que pode atrair mensagens consoladoras de terceiros e você não iria gostar nada disso.

5. Estabeleça algumas regras em conjunto
Embora cada um tenha o seu próprio perfil é interessante que construam juntos algumas regras para evitar conflitos, pois do contrário o seu cônjuge pode postar alguma foto de suas férias na praia e você não concordar com posts públicos de fotos em trajes de banho, por exemplo.

6. Não poste nada que possa ser mal interpretado
Evite marcar amigos com posts do tipo "Foi ótima a noite passada", mesmo que você se refira à apresentação de algum trabalho da faculdade ou sucesso em fechar algum negócio importante em seu trabalho, pois pelo fato de estar fora de contexto algumas pessoas podem interpretar o comentário de maneira errônea e boatos indevidos podem surgir em torno de seu casamento.

7. Pergunte e responda pessoalmente qualquer dúvida sobre o Facebook do seu cônjuge
Se vir alguma foto compartilhada da pessoa amada ao lado de uma pessoa desconhecida do sexo oposto ou qualquer outro post que lhe pareça estranho não hesite em perguntar, pessoalmente e não online, sobre essas questões para que tudo seja esclarecido. Não tire conclusões precipitadas ou faça acusações descabidas.

8. Não adicione pessoas desconhecidas no seu perfil
O Facebook é um espaço de interação social e, portanto, nele existem pessoas de todos os tipos com objetivos diversos, inclusive o de paquerar, enganar e trair. Por isso, evite conversar com pessoas desconhecidas, pois muitas vezes um simples pedido de ajuda pode se transformar em um bate-papo interessante, posteriormente em um flerte. E quase sem perceber você acaba se envolvendo emocionalmente com outra pessoa, que possivelmente aparentará ser a pessoa mais perfeita do mundo, pelo fato de não conhecê-la pessoalmente. Isso tudo pode destruir aquilo que você tem de mais especial e real em sua vida: o seu casamento. Atente para os recursos de configuração e privacidade de seu perfil para evitar esse tipo de exposição.

"O verdadeiro amor não é uma questão de romance, mas sim de preocupação cuidadosa com o bem-estar do cônjuge" já dizia Gordon B. Hinckey.


. Olá queridos leitores! Seja bem-vindo ao meu blog. O seu comentário é um incentivo a novos posts. Eles são a maior recompensa por cada pesquisa, cada palavra escrita. Então...Que tal deixar o seu recadinho? Vou ficar muito feliz em recebê-lo. Quem desejar ou quiser comentar enviar perguntas, depoimento ou sugestões de tema ao blog, basta enviar um e-mail para nosso endereço eletrônico:  edu.com28@yahoo.com.br
Aguardamos sua participação. Um abraço fraterno a todos do amigo Eduardo Campos


¹ Fundador e Autor: Eduardo Campos, Técnico em Gestão Pública: Pedagogo, Esp. em Docência do Ensino Superior – PROEJA  e Educação em Saúde. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia-GEPERUAZ/UFPA
² Fonte texto : Isabel Almeida
³ Fonte imagem : www.freewords.com.br/hoje-e-o-dia-de-santo-antonio-santo-casamento-10.jpg
Livro de Referência: Niven, Davi. Os 100 segredos dos bons relacionamentos. Rio de Janeiro: Sextante. 2013
                                 Website: http://www.facebook.com/isabel.almeida.94043

Written by Eduardo Campos all rights reserved.

12 comentários:

Anônimo disse...

Excelente reflexão! Creio que as pessoas, para além de exibicionismo, em geral estão muito carentes e o meio virtual dá, ao mesmo tempo a possibilidade de exposição, e também a sensação de preenchimento; mas infelizmente as pessoas expõe tudo, não só sentimentos íntimos, como fotos pessoais que deveriam estar selecionadas para um pequeno grupo real.

Anônimo disse...

É a famosa paquera oculta ninguém pode saber. Só o fiel companheiro. Ele, o WhatsApp. Aquele aplicativo que todo mundo jura que é só para conversar com amigos e família.

Anônimo disse...

Eduardo pode ser radical o que vou escrever aqui. Mas não é falsa. Pode não existir a traição efetiva, mas quem vive cochichando no WhatsApp ate 1, 2 da madruga autoriza desconfianças sim. Ou uma ligeira dúvida.

Anônimo disse...

Infelizmente as pessoas banalizaram as redes sociais e confundem tudo. Facebook é giro para estarmos informados, para entrar em contato com amigos distantes mas não para nos expormos dizermos a sabe-se lá quem onde estamos, com quem estamos e o que fizemos. Li em tempos um artigo que dizia que as redes sociais em especial o face podem levar a um aumento de divórcios, da competitividade, inveja e até levar á depressão pois os que vivem intensamente tudo o que lá se passa podem ficar sugestionados pelos sucessos dos seus amigos e querer ter uma vida assim mesmo sem ter posses. Para tudo na vida é necessário moderação. Parabéns!

Anônimo disse...

Concordo com tudo que você escreveu. Isso vale para blogs também. Vejo tanta gente se expor , e nunca sabemos quem passa por aqui. O número de leitores de um post é infinitamente maior aos comentários... Quem passa em silêncio? As redes sociais existem e para serem usadas, mas temos como restringir fotos, papos, só usar de maneira adequada e sabendo principalmente o que devemos ou não expor. Eu sou a favor de expor o mínimo e apenas informações que não contribuam com um grande quebra cabeça de informações (já vi até endereço exposto !!!) tenho que concorda infelizmente as redes sociais estão acabando com muitos casamentos... Mas eu gostaria de saber o que você pensa sobre as redes sociais e os impactos na vida de um casal...

Eduardo disse...

Olá Boa Noite! Obrigado pelo seu comentário! Acredito que as redes sociais não conseguem determinar sozinhas nenhuma mudança na vida de um casal. “O mundo virtual é apenas mais um fator que influencia na vida das pessoas. O veículo em si é fantástico, mas o uso que você fará dele vai depender do seu mundo mental”.

Anônimo disse...

Quando tudo é às claras – mas às claras, não seletivamente às claras-, a coisa vai bem. Mas muita gente mantém segredos, códigos, senhas etc. Talvez por isso a “internet” esteja ‘separando’ tantos casais.

Anônimo disse...

Concordo com seu pensamento Eduardo no texto que você escreveu com o titulo: a culpa foi do WhatsApp ...“ Não quero dizer que numa relação a dois tudo precise ser mostrado ao outro. Quando há confiança ninguém precisa mostrar nada. Confia-se e ponto final. Mas isto cada vez mais vem deixando de ser a regra”.

Anônimo disse...

Infelizmente esta prática das redes sociais é levada para relacionamentos. Mas também para as camas dos casais, os motéis dos apaixonados, os casamentos, os enterros e reuniões. E sempre por meio de cochicho, conversas secretas e escondidas de quem apenas vê que alguém digita. Mas nunca saberá o que é. Ou com quem é.

Anônimo disse...

Muito bom seu texto, concordo plenamente. bem...penso que as redes pode ser um grande aliado na aproximação das pessoas. Encurta distancias e facilita os contatos, mas é uma faca de dois gumes. Nunca se sabe o caráter da pessoa e sua verdadeira intenção quando se está teclando. É um território onde o anonimato permite mentiras e enganos, pois através dos nicks escolhe a vida virtual que deseja para si...

Anônimo disse...

Aquele aplicativo que todo mundo jura que é só para conversar com amigos e família. Hoje esta arruinando muitos relacionamentos.

Anônimo disse...

E concordo plenamente contigo.Temos que ter certos cuidados pra que nossa vida não seja exposta na internet!! Boa noite/Beijos.