sexta-feira, 31 de julho de 2015

"VOCÊ ACREDITA EM CASAMENTOS ARRANJADOS NO CÉU?"


Quantas vezes você já olhou um casal, passeando de mãos dadas ou abraçado e se perguntou como eles podem se amar, sendo tão diferentes?      
Quantas vezes já pensou em como aquela moça tão elegante pode amar aquele homem com ar tão desengonçado?                                                        
Ou como aquele homem tão bonito, parecendo um deus da beleza pode amar aquela mulher tão destituída de atrativos?                                                            
como diz um comentário no texto da manhã: Toda vez que essas idéias nos atravessam a mente, é que estamos julgando o amor pelo exterior. Mas, já dizia o escritor de O pequeno príncipe: "O essencial é invisível para os olhos."                                                               A propósito, conta-se que o avô do conhecido compositor alemão Mendelssohn, estava muito longe de ser bonito. Moses era baixo e tinha uma corcunda grotesca. Um dia, visitando um comerciante na cidade de Hamburgo, conheceu a sua linda filha. E logo se apaixonou perdidamente por ela. Entretanto, a moça, ao vê-lo, logo o repeliu. Aquela aparência disforme quase a enojou. Na hora de partir, Moses se encheu de coragem e subiu as escadas. Dirigiu-se ao quarto da moça para lhe falar. Desejava ter sua última oportunidade de falar com ela.                                                                                        
A jovem era uma visão de beleza e Moses ficou entristecido porque ela se recusava até mesmo a olhar para ele. Timidamente, ele lhe dirigiu uma pergunta muito especial: "Você acredita em casamentos arranjados no céu?" Com os olhos pregados no chão, ela respondeu: "Acredito!" "Também acredito." - afirmou Moses - "Sabe, acredito que no céu, quando um menino vai se preparar para nascer, Deus lhe anuncia a menina com quem vai se casar. Pois quando eu me preparava para nascer, Deus me mostrou minha futura noiva. Ela era muito bonita e o bom Deus me disse: ‘Sua mulher será bela, contudo terá uma corcova.' Imediatamente, eu supliquei: ‘Senhor, uma mulher com uma corcova será uma tragédia. Por favor, permita que eu seja encurvado e que ela seja perfeita.'" Nesse momento, a jovem, emocionada, olhou diretamente nos olhos de Moses Mendelssohn.
Aquela era a mais extraordinária declaração de amor que ela jamais imaginara receber. Lentamente, estendeu a mão para ele e o acolheu no fundo de seu coração. Casou-se com ele e foram felizes para sempre!                                   
Refletindo com Edu!                                                                                           
O amor verdadeiro tem lentes especiais para ver o outro.                                   
Vê, além da aparência física, a essência. E assim, ama o que é real.    
A aparência física pode se modificar a qualquer tempo.                               
A beleza exterior pode vir a sofrer muitos acidentes e se modificar, repentinamente.          Quem valoriza o interior do outro é como um hábil especialista em diamantes que olha a pedra bruta e consegue descobrir o brilho da preciosidade. É como o artista que acaricia o mármore, percebendo a imagem da beleza que ele encerra em sua intimidade.                            Este amor atravessa os portões desta vida e se eterniza no tempo...         
Pense com Edu!                                                                                                  
Este é o verdadeiro amor. No amor, o homem sublima os sentimentos e marcha no rumo da felicidade. Na perfeita identificação das almas, o amor produz a bênção da felicidade em regime de paz.

Olá queridos leitores! Seja bem-vindo ao meu blog. O seu comentário é um incentivo a novos posts. Eles são a maior recompensa por cada pesquisa, cada palavra escrita. Então...Que tal deixar o seu recadinho? Vou ficar muito feliz em recebê-lo. Quem desejar ou quiser comentar enviar perguntas, depoimento ou sugestões de tema ao blog, basta enviar um e-mail para nosso endereço eletrônico:  edu.com28@yahoo.com.br
Aguardamos sua participação. Um abraço fraterno a todos do amigo Eduardo Campos


¹ Fundador e Autor: Eduardo Campos, Técnico em Gestão Pública: Pedagogo, Esp. em Docência do Ensino Superior – PROEJA  e Educação em Saúde. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia-GEPERUAZ/UFPA
² Fonte texto : Barry e Joyce Vissell (Amor verdadeiro) & Joanna de Ângelis e Divaldo Franco (verbete Amor)
³ Fonte imagem : http://www.mensagenscomamor.com/images/interna/new/religiao_mensagens.jpg
Livro de Referência: Histórias para  aquecer o coração – Edição de ouro, ed. Sextante 
     Repositório de sabedoria, v. 1, Joanna de Ângelis e Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.Minha.
Written by Eduardo Campos all rights reserved.


Um comentário:

Helena disse...

O amor tem as suas particularidades, mas não é mais bonito ou mais feio, mais gordo ou mais magro, mais careca ou cabeludo. Ele simplesmente é. E o fato dele apenas ser se sustenta e o deixa belo, independente de sua forma. Pode soar meioconfuso tudo isso, mas o amor é. Ele não precisa de mais nada: apenas surgir e ser. Porque quando ele é permanece até o fim do mundo...